Casa Abrigo

PROJETO, Casa Abrigo, DF.

A Casa Abrigo acolhe mulheres e adolescentes vítimas de violência doméstica com risco de morte.

Descrição do projeto

A partir da observação do fluxo e perfil das mulheres atendidas pela Casa Abrigo, surgiu a ideia de construir um projeto que oferecesse a possibilidade de ter autonomia financeira e incluir ou reinserir no mercado de trabalho as mulheres vítimas de violência doméstica. Um ponto central nos casos atendidos na Casa é que muitas vezes as vítimas dependem financeiramente do ofensor para sobreviver e, por isso, ao sair da situação de abrigamento, acabam voltando para a convivência no contexto de violência, vivendo todos os estágios do ciclo da violência.

Várias vezes, essa situação acaba colocando as vítimas numa situação reincidente na Casa ou outras instituições de acolhimento. Outro fator importante é que a maioria das mulheres acolhidas não possuem escolaridade mínima, o que dificulta a entrada no mercado formal de trabalho. Tendo em vista a ruptura da situação de violência por meio de ações específicas e interdisciplinares para a mulher em situação de violência, justifica-se este trabalho.

O projeto “Elas” foi apoiado pelo GCCM no total de R$ 10.000,00 em 2017.

Fotos ou imagens do Abrigo não são mostradas a fim de preservar a segurança e integridade das vítimas e da instituição.

Voltar